Topografia e Geologia de Campo

Equipa docente:    
Paulo Legoinha - Responsável. Regente das aulas teórico-práticas
José Carlos Kullberg - Regente das aulas teórico-práticas
 
Cursos:    
Licenciatura em Engenharia Geológica - 1º Ano
 
Objectivos:    
Com a realização desta disciplina pretende-se que os alunos sejam capazes de ler e interpretar mapa topográficos e de realizar operações de cartografia, nomeadamente com sistemas de coordenadas. Pretende-se ainda que sejam capazes de executar levantamentos de campo simples, de carácter geológico, introdutórios a uma cartografia geológica. Pretende-se que os alunos adquiram bases úteis para disciplinas subsequentes, nomeadamente: Estratigrafia, Geologia de Portugal, Geologia Estrutural, Cartografia Geológica e Detecção Remota.
 
Programa:    

1. Topografia
  1.1. Leitura e interpretação de mapas
    1.1.1. Convenções cartográficas
    1.1.2. Leitura das coordenadas num mapa
    1.1.3. Escala
    1.1.4. Medição de áreas numa carta. Utilização do planímetro.
    1.1.5. A representação do relevo
      1.1.5.1. Representação convencional do relevo
      1.1.5.2. Representação numérica do relevo
  1.2. Cartografia
    1.2.1. Sistema de coordenadas planas e tridimensionais
    1.2.2. Superfícies de referência
      1.2.2.1. Geóide, esfera autálica e elipsóide
      1.2.2.2. Elipsóides mais comuns e utilizados na cartografia portuguesa
    1.2.3. Coordenadas geodésicas
      1.2.3.1. Estabelecimento de um datum
      1.2.3.2. Modelos de projecção da superfície da Terra
    1.2.4. A cartografia nacional
      1.2.4.1. Data geodésicos nacionais
      1.2.4.2. Sistema de coordenadas rectangulares (Bessel-Bonne, Hayford-Gauss e UTM)
  1.3. Introdução aos levantamentos topográficos
    1.3.1. Grandezas observáveis e equipamentos
    1.3.2. Breve referência aos métodos de transporte de coordenadas

2. Geologia de Campo
  2.1. Preparação de trabalhos de campo em Geologia
    2.1.1. Pesquisa bibliográfica
    2.1.2. Selecção de áreas e respectivos mapas
    2.1.3. Escolha de equipamento e segurança no campo
    2.1.4. Utilização do hipsómetro
  2.2. Execução de trabalhos de campo em áreas seleccionadas
    2.2.1. Organização do livro de campo
    2.2.2. Metodologias de recolha de amostras
    2.2.3. Elaboração de logs (identificação e descrição de unidades litológicas, medição de espessuras)
    2.2.4. Utilização da bússola de geólogo e orientação no campo
    2.2.5. Elaboração de perfis geológicos expeditos e rigorosos
    2.2.6. Identificação, descrição e representação de estruturas geológicas
    2.2.7. Traçado de limites geológicos (em unidades de rochas ígneas, sedimentares e metamórficas)
  2.3. Elaboração de relatórios de campo
    2.3.1. Estrutura das memórias descritivas
    2.3.2. Símbolos convencionais
 
Requisitos:    
Aconselha-se que os alunos que frequentem esta disciplina tenham obtido aprovação na disciplina de Geologia Geral.
 
Métodos de Ensino:    

-Ensino no campo, presencial, com 4 dias inteiros de visitas para a realização de actividades básicas de trabalho de campo.
-Ensino assistido, não presencial, utilizando o Moodle, para além das horas semanais destinadas a dúvidas, previstas na Lei.
 
Métodos de Avaliação:    

Sobre a matéria de Topografia, leccionada na primeira metade do semestre, os alunos podem realizar, logo de seguida, um teste de avaliação que inclui questões teóricas e a resolução de problemas. Em alternativa, ou no caso de ter obtido classificação inferior a 8/20 valores, realizará exame final.
Sobre a matéria de Geologia de Campo, leccionada na segunda metade do semestre, os alunos realizam um relatório (levantamento de campo e breve memória descritiva) de uma área sobre a qual efectuaram trabalhos de levantamento geológico de campo. Após a correcção destes trabalhos, os alunos são submetidos a avaliação oral individual, da qual resulta uma classificação desta componente da matéria. A classificação mínima, para se poder fazer média com a avaliação da componente de Topografia, é de 8/20 valores.
A classificação final é obtida pela média simples das duas componentes da avaliação. Para um aluno ser considerado aprovado, a média final terá de ser igual ou superior a 9,5/20 valores.
 
Bibliografia:    

J. Casaca, J. Matos e M. Baio, Topografia Geral, Geomática-Lidel, 2000, ISBN: 9-727-57135-2.
R. Compton, Geology in the field, J. Wiley & Sons, 1985, ISBN: 0-471-82902-1.
N. Fry, The field description of metamorphic rocks, J. Wiley & Sons, New York, 110p, 1989, ISBN: 0-471-93221-3.
J. Gaspar, Cartas e Projecções Cartográficas. Geomática-Lidel, 2000, ISBN: 9-727-57151-4.
R. Thorpe & G. Brown, The field description of igneous rocks, J. Wiley & Sons, New York, 154 p, 1985, ISBN: 0-471-93275-2.
M. Tucker, The field description of sedimentary rocks, J. Wiley & Sons, New York, 112p, 1990, ISBN: 0-471-96215-5.
 
Carga horária:    
4 h Teórico-práticas (por semana)
 
Outro URL (Moodle):    
http://moodle.fct.unl.pt/course/view.php?id=216