Petrologia Sedimentar e Sedimentologia

Equipa docente:    
Beatriz Marques - Responsável. Regente de aulas teórico-práticas
 
Cursos:    
Licenciatura em Engenharia Geológica - 1º Ano
 
Objectivos:    

Pretende-se nesta disciplina disponibilizar aos estudantes conhecimentos básicos que lhes permitam:

- interpretar os depósitos sedimentares e a sua relação com os processos que os originaram;
- planificar e executar uma análise de facies/análise sequencial;
- identificar os ambientes de sediementação;
- caracterizar os modelos sedimentares;
- conhecer e interpretar a génese e a evolução das bacias sedimentares;
- identificar os aspectos económicos ligados aos diferentes tipos de bacias sedimentares;
- utilizar os diferentes métodos aplicados ao estudo de bacias sedimentares.
 
Programa:    

I. Origem dos sedimentos
1) Alteração, transporte e deposição. Estruturas sedimentares.
2) Sedimentos: composição química e mineralógica.
II. Rochas sedimentares
1) Diagénese: fases, processos e factores de controlo.
2) Classificação de rochas sedimentares.
3) Rochas sedimentares clásticas: tipos, propriedades e estados diagenéticos.
4) Rochas sedimentares de precipitação química e bioquímica: tipos, propriedades e diagénese.
5) Rochas sedimentares orgânicas. Carvões e hidrocarbonetos: classificação, propriedades e estados diageneticas.

III. Ambientes de sedimentação
1) Conceito e classificação.
2)Fácies sedimentares: conceito e classificação. Análise sequêncial.

IV. Modelos de sedimentação

1) Modelo glaciar/periglaciar (fácies e sequências sedimentares). 2) Modelo desértico (fácies, sequências sedimentares e aspectos económicos). 3) Modelos fluviais (facies, sequências sedimentares e aspectos económicos). Cones aluviais (fácies associadas a regiões húmidas e áridas e aspectos económicos).
4) Modelos lacustres (fácies, sequências sedimentares e aspectos económicos). 5) Modelo deltáico (sub-ambientes, fácies, sequências sedimentares e aspectos económicos). 6) Modelos de plataformas (fácies, sequências sedimentares e aspectos económicos). 7) Modelos de leques submarinos (fácies, sequências sedimentares e aspectos económicos). 8) Modelos pelágicos (fácies, sequências de fácies e aspectos económicos).

V. Bacias sedimentares
1) Conceito, génese e preenchimento.
2) Alguns exemplos de bacias sedimentares.
3) Métodos aplicados ao estudo e à análise de bacias sedimentares: sondagens, diagrafias e métodos geofísicos.
 
Requisitos:    

· conhecimentos elementares de Geologia (processos geológicos e materiais);

· estratigrafia; Tectónica.

· aconselha-se frequência prévia de Geologia Geral.
 
Métodos de Ensino:    

São realizadas aulas de carácter teórico-prático, em regime tutorial em sala e aulas de campo para levantamento e informação geológica.
 
 
Bibliografia:    
 

ALLEN, P. A. & ALLEN, J. R. (1993) - Basin Analysis. Principles and Applications. Blackwell Scientific Publications, Oxford, 451pp.

COJAN, I. & RENARD M. (1997) - Sédimentologie. Masson, Paris, 418pp.

EINSELE, G. , RICKEN, W. & SEILACHER, A. (1991) - Cycles and events in stratigraphy. Spring-Verlag, Berlin, 955pp.

 HUNT, R. E. (2006) - Characteristics of geologic materials and formations. A field guide for geotechnical engineers. CRC Press, London, 387pp.

MIALL, A. D. (1990) - Principles of sedimentary basin analysis. Spring-Verlag, Berlin, 667pp.

 READING, H. C. (1996) - Sedimentology: Process and Product. George Allen and Unwin, London, 344pp.

SELLEY, R. C. (1988) - Applied sedimentology. Academic Press, London, 446pp.

WALKER, R. G. & JAMES, N. P. (1992) - Facies models. Reponse to sea level change. Geological Association of Canada, Canada, 409pp.
 
Carga horária:    
4h por semana