Geoquímica

Equipa docente:    
Nuno Leal - Responsável. regente de aulas teóricas e de aulas práticas

Carlos Galhano - Regnetd e aulas práticas
 
Cursos:    
Licenciatura em Engenharia Geológica - 2º Ano
 
Objectivos:    

Levar o aluno a compreender o funcionamento dos processos geológicos como um processo geoquímico, desde a geração de magmas, evolução dos magmas, distribuição e associação de elementos nos processos geológicos, de natureza ígnea, sedimentar e metamórfica. Migração e concentração de elementos em ambientes onde possam constituir depósitos minerais. Alteração de minerais e rochas.
 
Programa:    

Geoquímica, significado, princípios. A Terra e o Universo, meteoritos. Abundância dos elementos no Universo e na Terra. Composição e estrutura da Terra. Classificação Periódica e Geoquímica dos elementos Estudo dos elementos alcalinos, alcalino-terrosos, halógenos, elementos Terras Raras, gases nobres. Classificação de Goldschimidt. Elementos siderófilos, calcófilos, litófilos e atmófilos. Abundância, distribuição e mobilidade  dos elementos na Terra e na crosta da Terra, distribuição dos elementos durante os processos geoquímicos nas rochas ígneas, sedimentares e metamórficas. Elementos maiores, elementos menores, elementos-traço. Ciclo Geoquímico Ambiente geoquímico, ambiente primário e secundário. Processos ígneos, geração de magmas. Distribuição e mobilidade dos elementos nos processos ígneos. Ambiente sedimentar. Reacções de meteorização; mudanças na composição das rochas; sequência das alterações mineralógicas. Agentes de meteorização. Efeitos nos carbonatos e nos silicatos. Metamorfismo e reacções metamórficas. Modificações químicas nos processos metamórficos. Alteração das rochas como um processo geoquímico. Papel da composição química e da composição mineralógica das rochas nos processos de alteração. Clima e poluição nos processos de alteração. Geoquímica Ambiental. Atmosfera, hidrosfera, litosfera. Poluição como um um processo geoquímico, efeitos nas rochas, nas plantas, nos animais. Geoquímica na exploração mineral
 
Requisitos:    
Aconselha-se que o aluno tenha completado as disciplinas Mineralogia e Petrologia Ígnea e Metamórfica.
 
Métodos de Ensino:    

A disciplina contempla aulas teóricas e teórico-práticas, estas com realização de ensaios técnicos conforme definido no programa da disciplina. Os alunos são envolvidos na condução e apreciação dos trabalhos de investigação em curso pelos docentes do grupo de dsciplinas MPG.
 
Métodos de Avaliação:    

Métodos de Avaliação: Ao longo do semestre são feitas duas avaliações dos conhecimentos teóricos e práticos do conteúdo do programa. Os trabalhos práticos realizados e que podem variar de tema conforme o ano, podendo haver um tema em que cada dois alunos trabalham em pormenor, sobre o qual apresentam à turma para discussão. Trabalhos Práticos. 40%.
 
Bibliografia:    
Principles of Geochemistry. John Wiley & Sons. 4th Ed., 344 p. Autor(es): Mason, Brian & Moore, Carleton B., Ano: 1982.
 Rodrigues, B. & Bravo, M.S., 1983. Interpretação de Diagramas de Fases de Interesse Geológico. FCT/UNL, 163 p
Cherdyntsev, V.V., 1961. Abundance of Chemical Elements; trad. WalterNickiporuk. The University of Chicago Press, 304 p. 3. Cox, K.G., Bell, J.D. & Pankhurst, R.J., 1979.
Introduction to Geochemistry. Krauskopf, Konrad B. 1989 McGraw-Hill International Edition.2nd Ed., 617 p
Rankama, K & Sahama, T.G. Geochemistry, 1950. The University of Chicago Press.. Chigo & London,. 912 pp.
 
Carga horária:    
4h/semana