Apresentação

 A Faculdade de Ciências e Tecnologia (FCT) foi criada em 1977 como unidade orgânica da Universidade Nova de Lisboa (UNL) (Decretos-Lei nº 463-A/77 e 481/77,  de 10 e 15 de Novembro respectivamente).

A aprovação do Estatuto Orgânico data de 1989, tendo sido revisto em 2001. Em 27 de janeiro de 2009, levando em conta o novo regime júridico do ensino superior,  foram publicados novos estatutos (DR 18, 2º série).

A FCT/UNL tem organização departamental. Instalou-se em 1980 no Campus de Caparica (Monte de Caparica) ocupando uma área de 58 ha.

O Departamento de Ciências da Terra (DCT) da FCT/UNL, cujo regulamento foi recentemente revisto (DR 99, 2º série de 23 de Maio de 2011), constitui unidade  de ensino graduado e pós-graduado e de investigação, nos domínios da Ciência e Engenharia Geológica e nos destes afins ou interdisciplinares. Cabe-lhe, promover o desenvolvimento científico e tecnológico, a prestação de serviços, actividades de extensão universitária, e desenvolvimento de actividades de divulgação.

Para a prossecução dos seus objectivos, incumbe especialmente ao Departamento:

a) Garantir o ensino de qualidade das unidades curriculares compreendidas nas suas áreas científicas e leccionadas na Faculdade;

b) Propor e realizar programas de 1.º, 2.º e 3.º ciclos nas suas áreas científicas.

c) Fomentar e desenvolver a investigação científica;

d) Promover a divulgação dos resultados da investigação em revistas científicas reconhecidas e em outras publicações, incluindo as editadas pelo Departamento;

e) Promover a formação de docentes e investigadores, nomeadamente através de cursos de pós -graduação e de actualização e de estágios;

f) Propor a celebração de convénios e ou contratos nas áreas de ensino, de investigação, e de prestação de serviços com entidades públicas ou privadas, nacionais ou estrangeiras;

g) Contribuir para o funcionamento eficaz da Faculdade, nomeadamente pela colaboração com outros departamentos ou unidades nela existentes;

O DCT tem competência para desenvolver actividades nos seguintes domínios:

  • Análise de bacias sedimentares;
  • Estratigrafia, Paleontologia e Paleobiogeografia do Mesozóico e do Cenozóico;
  • Cartografia geológica e geotécnica;
  • Impactes geoambientais;
  • Estabilidade de taludes;
  • Estudos geotécnicos para obras de engenharia;
  • Assessoria no acompanhamento e fiscalização de obras;
  • Recursos naturais (rochas ornamentais, argilas para cerâmica, rochas e minerais industriais);
  • Hidrogeologia;
  • Geostatística
  • Sistemas de Informação Geográfica;
  • Detecção remota;
  • Observação e fotografia em microscopia electrónica de varrimento e análises químicas por EDS;
  • Análises químicas de água;
  • Análises por absorção atómica;
  • Tecnologias da informação e comunicação.

 

Regulamento do Departamento de Ciências da Terra (pdf)